Wild-wonders.com  |  Contact  |  Links

RSS feed icon atom feed icon    Join Wild Wonders on YoutubeView Wild Wonders on FlickrJoin Wild Wonders on TwitterJoin Wild Wonders on FacebookJoin Wild Wonders on LinkedInView Wild Wonders on Slideshare  

Shop Cart  |  Tell a Friend!

Wild Wonders of Europe - the blog Wild Wonders of Europe Wild Wonders of Europe - the Blog

ERLEND HAARBERG - GALO LIRA, SUÉCIA

April 26th, 2009 Posted in Northern Europe, Uncategorized

Other Languages:

A minha segunda missão para o Wild Wonders of Europe não me levou para muito longe de casa. Costumo ver a Suécia como a minha segunda pátria, com uma paisagem verdadeiramente natural. Desta vez vim até cá para fotografar a corte dos Galos-lira e Tetrazes na região de Bergslagen e graças a uma arena de exibição destes galos que visitei e a alguns fantásticos nascer-do-sol, a primeira parte da missão está quase completa.
Após um longo inverno com bastante neve, a Primavera chegou mais tarde do que é habitual aqui em Bergslagen. Quando chegámos (eu e a minha mulher, Orsolya), no princípio de Abril, grandes áreas de neve cobriam o solo e os lagos ainda estavam congelados. O pessoal da Nordic Safari, que dá apoio ao Wild Wonders deixando-nos usar os abrigos para ver os Galos-lira, montou-os numa zona húmida, onde cerca de uma dúzia de machos montavam o espectáculo todas as manhãs, desde finais de Março até ao princípio de Maio. Este ano, são 13 os machos na área, o que é, infelizmente, metade da população do ano passado.

Conheço poucas coisas que me façam sentir melhor do que ficar num abrigo móvel a ouvir o canto dos pássaros. Quando já é tarde para fotografar, deito-me no meu saco de cama e ouço os sons que vieram com a Primavera. A orquestra sinfónica da floresta, surpreende todos os dias com um novo instrumento, à medida que as várias espécies de aves migratórias chegam às suas zonas de nidificação e enchem a floresta com o som da vida. Durante o crepúsculo, o som semelhante a trompetas dos Grous, interrompe o silêncio e ás 5 da manhã, a natureza desperta com o ecoar do concerto do Galo-lira, que começa de repente, sem se saber de onde.

Ao longo de várias gerações, os Galos-lira têm-se juntado em zonas tradicionais todos os anos para levarem a cabo a sua estranha corte de acasalamento. Sentado num abrigo no meio da sua zona de espectáculo, sons bizarros podem ser escutados vindos de todas as direcções: gurgular, assobios e outros sons estranhos. Todos os machos apresentam a sua dança num pequeno território dentro da arena e as lutas são frequentes entre os ocupantes dos territórios adjacentes.

O objectivo do jogo é lutar pelo território mais central que será visitado pelo maior número de fêmeas no final de Abril para acasalamento. A dança dos machos dura até às 8 ou 9 da manhã, terminando de repente, tal como tinha começado umas horas antes.

Nenhuma manhã é igual à anterior. Até agora tivemos céu limpo, chuva, nevoeiro, ou simplesmente um céu nublado. Infelizmente não somos só nos a visitar a arena. Na segunda manhã, um Açor poisou na copa de uma árvore a poucos metros do abrigo, depois de um ataque falhado a um dos Galos-lira. Só espero que da próxima vez ele não escolha um dos meus galos favoritos para encher o estômago…

Depois das fotografias pela manhã, tendo sido uma experiência maravilhosa, fomos conhecer as delícias gastronómicas de Bergslagen. Hellen e Thomas Sundqvist, os donos da Residencial Ulvsbomuren wilderness, serviram-nos pratos maravilhosos todos os dias. A maior parte dos ingredientes são colhidos na floresta: carne, bagas, cogumelos, usados com mestria para criar pratos maravilhosos, algo que nunca tínhamos experimentado e que nunca esperaríamos durante o nosso trabalho. Obrigado, Hellen e Thomas pelo vosso excelente trabalho!

Erlend Haarberg / Wild Wonders of Europe


Please note that blogs reflect our photographers' opinions and not necessarily those of the directors of Wild Wonders of Europe.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Post a Comment